Nos Estados Unidos, esses funcionários receberão bônus que variam entre US$ 300 a US$ 700, segundo a empresa

A companhia norte-americana de carnes Tyson Foods informou nesta segunda-feira que vai pagar, a partir deste mês, US$ 50 milhões em bônus de fim de ano para seus funcionários da linha de frente e que trabalham por hora.

Nos Estados Unidos, esses funcionários receberão bônus que variam entre US$ 300 a US$ 700, segundo a empresa. “É mais uma maneira de dizer obrigado e mostrar o quanto somos gratos pelos esforços de nossas equipes de linha de frente”, disse o presidente-executivo Donnie King.

A empresa disse que está procurando maneiras de apoiar seus funcionários da linha de frente, incluindo aumentos salariais, bônus de assinatura, horários de trabalho mais flexíveis em algumas instalações e, a partir de 1º de janeiro, licença médica remunerada.

As ações, que subiram 0,6% nas negociações de pré-mercado, subiram 5,6% nos últimos três meses até sexta-feira, enquanto o S&P 500 subiu 0,1%.

Fonte: Avicultura Industrial, 06 de dezembro de 2021.

https://www.aviculturaindustrial.com.br/imprensa/tyson-foods-vai-pagar-us-50-mi-em-bonus-para-funcionarios-da-linha-de-frente/20211206-150603-I674