O Procon revelou que instaurou processo administrativo para apurar a situação e a Friboi foi notificada para apresentar defesa. Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) propõe que a empresa reconheça a falha e seja multada. O valor pode chegar a R$ 7 milhões. A data do início da apuração e da apreensão das carnes não foi divulgada.

À imprensa paranaense, a comunicação da Friboi disse que a substância encontrada é produzida pela própria carne. A reportagem do Portal Correio do Estado tentou por várias vezes contato com a assessoria da empresa, que fica em São Paulo, mas nenhuma ligação foi atendida desde o início da manhã.

Fonte: Correio do Estado, 02 de dezembro de 2015.

http://m.correiodoestado.com.br/cidades/procon-do-pr-encontra-formol-em-carne-da-friboi-produzida-em-ms/264500/