Motoristas e cobradores de Curitiba fecham acordo com patrões

Os motoristas e cobradores de Curitiba conseguiram, há pouco, em audiência no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), fechar acordo com os patrões para garantir um reajuste de 10% em seus salários, além de outros pontos como substituição da cesta básica por vale, reajuste de 100% no seguro de vida, suspensão da cobrança das multas já lançadas aos trabalhadores e assistência médica ambulatorial.

Leia mais

Motoristas e cobradores podem parar em 1.º de março

Depois de se reunirem com o sindicato patronal, na manhã desta segunda-feira (21), e não receberem uma proposta atraente, os motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba decidiram cruzar os braços a partir da zero hora do dia 1.º de março. Caso seja realmente instaurada a greve, a partir desse dia o transporte coletivo será feito com apenas 30% da frota. Isso representa 450 ônibus ao invés dos 1,5 mil utilizados normalmente.

Leia mais

Ponto eletrônico pode ser decidido com empregados, diz ministro

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, admitiu ontem que o governo estuda uma forma de permitir que as categorias de trabalhadores decidam sobre a obrigatoriedade da implantação do ponto eletrônico diretamente com as empresas. A nova regra, adiada por duas vezes, valerá a partir de 1.º de março, quando todas as empresas deverão implementar o sistema. Segundo Lupi, na próxima semana o governo vai decidir se as empresas podem abrir mão do ponto eletrônico por meio de acordo coletivo.

Leia mais

NOSSOS FILIADOS

SINTAC SINTRIFAAL sintiacre stiaaj stia arapongas stiaa sintrinal timalcs
stimlaca seia stiatoledo stiap sintracia stia beltrão sintrial sintrial medianeira