Suspensão vigorará por um ano, sem cotas limitantes; medida deve beneficiar exportações brasileiras

A Presidência da República do México publicou hoje um Decreto que suspende as tarifas para a importação de carne de frango para nações que tenham estabelecimentos habilitados a exportar o produto para aquele país.

A medida é válida para países que, como o Brasil, tenha constituído acordo sanitário com as autoridades mexicanas.

A abertura do mercado contempla diversos produtos de aves e vigorará pelo prazo de 01 ano. Não há, desta vez, o estabelecimento de cotas, como tem ocorrido nos últimos anos com as importações provenientes do Brasil.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, os exportadores brasileiros de carne de frango têm aumentado sua relevância entre os parceiros pela segurança alimentar do México.

Com o anúncio feito pelo governo do país da América do Norte, espera-se que o Brasil reforce esta posição.
“O Brasil tem complementado a demanda mexicana por carne de frango, colaborando com a indústria local, como em outras oportunidades. Neste contexto, é esperado que nosso país possa aumentar os volumes para este destino”, analisa Santin.

De acordo com os dados da ABPA, o México é o atual oitavo maior importador de carne de frango do Brasil. Entre janeiro e abril, o país importou 58,5 mil toneladas, número 128,6% em relação ao mesmo período de 2021, com 25,6 mil toneladas.

Fonte: Avicultura Industrial, 17 de maio de 2022.

https://www.aviculturaindustrial.com.br/imprensa/mexico-suspende-tarifas-de-importacao-para-carne-de-frango-do-brasil/20220517-082101-A542