30.04.15

O frigorífico da BRF – Brasil Foods S/A em Lucas do Rio Verde, a 350 km de Cuiabá, foi inspecionado na manhã desta quinta-feira (30) por membros do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT). A unidade é a maior da América Latina em extensão e a terceira do Brasil em número de empregados: são 4.500 no total.

Os procuradores do Trabalho Leomar Daroncho e Thalma Rosa de Almeida, acompanhados do servidor Reginaldo Castro Maia, visitaram a unidade de frangos e a sala de máquinas de geração de frio.

Daroncho explica que fiscalização teve caráter preventivo, tendo em vista os inúmeros acidentes noticiados nos últimos meses envolvendo o vazamento de amônia, como o ocorrido em Cascavel, no Paraná, em março deste ano. Esse gás, altamente tóxico, é utilizado para alimentar as câmaras de refrigeração.

“O MPT tem buscado se antecipar aos eventos envolvendo incidentes laborais fiscalizando as empresas frigoríficas que, em regra, empregam um grande número de pessoas, fato este que gera muitos reflexos na área trabalhista”, complementa a procuradora Thalma.

Segundo o coordenador de Recursos Humanos da empresa, que é também detentora das marcas, Sadia e Perdigão, o frigorífico funciona atualmente com apenas 60% da capacidade, abatendo, diariamente, cerca de 300 mil aves e 4,4 mil suínos.

Fonte: Ministério Público do Trabalho, 23ª Região, 30 de abril de 2015.

http://www.prt23.mpt.gov.br/informe-se/noticias-do-mpt-mt/386-frigorifico-de-lucas-do-rio-verde-com-quase-cinco-mil-funcionarios-e-inspecionado-pelo-mpt