Receita é 2,7% superior ao registrado no terceiro trimestre do ano anterior; Companhia comercializou mais de 1,2 milhão de toneladas de alimentos no período.

07/12/16 | 18h11
 
Em novembro, a BRF anunciou investimento de R$ 80 milhões na construção de um centro de distribuição em Londrina, no norte do Paraná. A expectativa é gerar 600 empregos.

A crise passou longe da BRF em 2016. Enquanto vários setores da economia patinaram, a companhia conseguiu, no terceiro trimestre, um avanço de 2,7% na receita operacional líquida em relação ao mesmo período de 2015, chegando a R$ 8,5 bilhões. Entre julho e setembro, a companhia comercializou mais de 1,2 milhão de toneladas de alimentos em todo o mundo.

Para suportar o crescimento dos negócios, a BRF investiu R$ 641 milhões no período, anunciando a criação de uma subsidiária no Egito, com a finalidade de iniciar avanços na cadeia de valor. Também formalizou uma parceria com a FFP, empresa processadora de alimentos Halal baseada na Malásia; e assinou um acordo de investimento no valor de US$ 20 milhões no IPO da COFCO Meat, com o intuito de aumentar a presença na China através de parcerias estratégicas. Além disso, realizou a emissão de US$ 500 milhões no mercado de bonds internacional, com prazo de 10 anos e cupom de 4,35% a.a.

“Para os próximos trimestres, acreditamos que o cenário setorial continua a melhorar em função do ajuste da oferta de frango conforme dados públicos de produção e alojamento; convergência gradual do preço do milho para níveis próximos ao de paridade de exportação; e recuperação da economia brasileira”, conclui Pedro Faria, CEO Global da BRF.

Fonte: Gazeta do Povo, 07 de dezembro de 2016.

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:uySWVz3cKzIJ:www.gazetadopovo.com.br/agronegocio/mercado/em-ano-de-crise-lucro-da-brf-bate-em-r-85-bilhoes-so-no-3-trimestre-assl4vytlmh6rxjionnghzquo+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br