Representantes da empresa levarão proposta do juízo à diretoria da BRF; nova audiência foi marcada para 08 de março às 16h.

24/02/16
As negociações do dissídio coletivo envolvendo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentos de Paranaguá e a empresa BRF Brasil Foods (antiga BR Foods) terão nova audiência no dia 08 de março, às 16h.
 
Diante do impasse para formalização de um novo acordo coletivo, o Juízo formulou duas propostas de conciliação, aceitas pelos trabalhadores e que serão analisadas pela diretoria da empresa. Uma das opções prevê reajuste de 10% retroativo à data-base (01/11/2015). A outra proposta é de reajuste parcelado, com primeira parcela de 9% retroativa à data-base e mais 1,33%, acrescido em maio de 2016.

Além desta questão salarial, outros pontos de negociação envolvem o reajuste de auxílio alimentação e de auxílio material escolar. A BFR Foods Brasil é uma das principais empresas do ramo alimentício do Brasil. A companhia foi fundada em 2009, como resultado da fusão da Sadia S.A. com a Perdigão S.A.
 
A audiência foi presidida pela vice-presidente do TRT-PR, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu e foi transmitida pelo canal do TRT-PR no YouTube.

Fonte: Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, 9ª Região, 24 de fevereiro de 2016.

http://www.trt9.jus.br/internet_base/noticia_crudman.do?evento=Editar&chPlc=5472920