Através de um vídeo postado nas redes sociais, o presidente do SINDICADEZAL, Ludovino Soccol, revelou que em audiência realizada no Ministério do Trabalho de Joaçaba, na tarde desta segunda-feira, dia 1º, foi homologado o documento que libera os valores correspondentes ao período de troca de uniformes dos funcionários da BRF de Capinzal.

A empresa deverá pagar as horas extras para todo e qualquer funcionário que trabalhou no período de 2005 a 2010.

O pagamento é correspondente ao tempo de troca do uniforme que não era computado como jornada de trabalho, apesar de o uso do uniforme ser uma norma sanitária obrigatória. Mesmo os funcionários que não fazem trabalham mais na empresa têm direito a receber.

Uma reunião será realizada na manhã desta terça-feira (02) com a diretoria da empresa para definir como serão feitos os pagamentos.

Fonte: Blog Michel Teixeira, 01 de outubro de 2018.

http://www.michelteixeira.com.br/brf-pagara-horas-extras-referente-ao-periodo-de-troca-de-uniformes/