Por: Lucas Eurico Simões

Os recursos captados serão destinados à comercialização global em larga escala dos produtos feitos a partir de carne cultivada

A BRF (BRFS3) deu prosseguimento ao seu plano de crescimento no segmento de “substitutos de carne”, ao aportar US$ 2,5 milhões na startup israelense Aleph, que desenvolve proteínas em laboratório a partir das células animais, durante rodada de investimentos.

Com o capital investido pela BRF e os aportes de outros investidores, os recursos captados serão destinados à comercialização global em larga escala dos produtos feitos a partir de carne cultivada, assim como expansão do portfolio da startup.

A participação na Aleph marca o primeiro investimento em forma venture capital da BRF, e carimba o frigorífico em iniciativa sustentável pioneira na cadeia global de alimentos.

Conforme o fato relevante, divulgado nesta quarta-feira (07), a companhia avança em seu plano de atender à crescente demanda dos consumidores por novas e alternativas fontes de proteína, “trazendo tecnologias inovadoras para o Brasil, em linha com seus compromissos de sustentabilidade, inovação e segurança alimentar”.

Fonte: Moneytimes, 07 de julho de 2021.

https://www.moneytimes.com.br/brf-investe-us-25-milhoes-em-churrasco-de-laboratorio-com-startup-aleph/