Processo incluiu vídeo auditoria com o governo do país, pioneira no Brasil

A unidade de Toledo da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, acaba de ser habilitada pelo governo de Omã, a exportar empanados de frango para o país árabe. O processo de habilitação incluiu, de forma pioneira, uma auditoria da fábrica feita por videoconferência, em tempo real, pela qual os auditores do governo de Omã inspecionaram todas as etapas de produção dos empanados, que seguem o conjunto de preceitos Halal (muçulmano).

A planta de Toledo já exporta produtos de valor agregado de carne de aves para outros países árabes, como Emirados Árabes, Catar e Kuwait. “A habilitação da planta de Toledo, por videoconferência, mostra a liderança da BRF nessa nova alternativa de habilitação, que ganhou força durante as restrições causadas pela pandemia e confirma a qualidade dos nossos produtos, bem como reforça a nossa presença em mercados-chave da estratégia de crescimento da companhia”, afirma Luiz Tavares, gerente executivo de Relações Institucionais da BRF.

Além de Toledo, outras unidades da BRF estão habilitadas a exportar para Omã: Buriti Alegre (GO), Capinzal (SC), Carambeí (PR), Chapecó (SC), Dois Vizinhos (SC), Francisco Beltrão (PR), Jataí (GO), Lajeado (RS), Nova Mutum (MT), Rio Verde (GO), Serafina Corrêa (RS) e Uberlândia (MG).

Sobre a BRF
Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF está presente em mais de 130 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 95 mil colaboradores no mundo, mais de 300 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.

Fonte: Gazeta de Toledo, 01 de março de 2021.

https://gazetadetoledo.com.br/brf-de-toledo-e-habilitada-a-exportar-para-oma/