Chapecó – Iniciou nesta segunda-feira (30), o período de férias coletivas para cerca de 1.400 funcionários que atuam na linha de produção de frangos da BRF Unidade de Chapecó. No total serão 30 dias de recesso após o acordo firmado entre a empresa e o sindicato no dia 10 de julho durante uma votação.

Após o dia 29 de agosto, período onde se encerra as férias coletivas, a empresa irá reestruturar suas atividades através da medida chamada de lay-off em seis meses (incluindo as férias coletivas) que vai até janeiro de 2019.

Durante esse período, após dois meses, em um prazo de 72h de antecedência, a empresa pode chamar novamente os funcionários para retornarem ao trabalho.

Em nota, a empresa informou que, a decisão leva em conta a necessidade de ajustes na produção, agravada pela recente greve dos caminhoneiros. Se a proposta não fosse aceita, os 1,4 mil funcionários seriam demitidos. Os trabalhadores aceitaram a proposta onde a empresa se compromete em voltar ao trabalho no máximo em cinco meses.

Diante da aprovação da categoria, o Sitracarnes assinará o Acordo Coletivo de Trabalho com a BRF.

Fonte: Blog Michel Teixeira, 30 de julho de 2018.

http://www.michelteixeira.com.br/14-mil-trabalhadores-da-brf-entram-em-ferias-coletivas-na-unidade-de-chapeco/